Aliança inédita para renovação da frota de 140 caminhões

Em evento com a presença do Vice-Presidente Geraldo Alckmin, as empresas anunciaram uma aliança que contempla todos os ciclos para aquisição 

A Gerdau, Vamos (Concessionárias Transrio e Tietê) e Volkswagen Caminhões e Ônibus se uniram em um programa para a renovação da frota nacional que inclui a retirada de 140 caminhões com mais de 20 anos das estradas brasileiras. A aliança, anunciada em evento na unidade de produção de aço da Gerdau em Araçariguama (SP) contou com a presença do Vice-Presidente da República e Ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, demais representantes do Governo, além de executivos, empresários e imprensa.

Com o objetivo de proporcionar mais qualidade de vida e rentabilidade para motoristas autônomos, elevar a produtividade do sistema logístico brasileiro, contribuir com a economia e com um futuro mais sustentável, as três companhias desenvolveram medidas inéditas para construção de um ciclo completo de renovação de ativos, tendo como premissa a responsabilidade socioambiental com benefícios em todos os elos da cadeia de valor.

A Vamos, uma empresa da Simpar, líder nacional em locação e venda de caminhões, máquinas e equipamentos, com ampla rede de concessionárias de veículos novos e seminovos, adquiriu 140 caminhões com mais de 20 anos de fabricação (o mais velho com 53 anos) e que eram de propriedade de motoristas autônomos. Essa aquisição, realizada pela Vamos com a maior rede de concessionárias Volkswagen Caminhões e Ônibus do Brasil, tem como principais benefícios:

● Proporcionar liquidez financeira aos antigos proprietários, que poderão se beneficiar, indiretamente, do programa do governo usando o valor recebido como entrada na compra de um veículo seminovo ou mesmo utilizá-lo em projetos pessoais;
● Colaborar com a empregabilidade e rentabilidade dos motoristas autônomos; ● Promover mais saúde e qualidade de vida para os profissionais do volante e etc;

_“Essa ação está alinhada ao nosso propósito de, com nosso ecossistema de negócios, contribuir com a renovação da frota brasileira”, _destaca Gustavo Couto, CEO da Vamos. _“Com a predominância do transporte rodoviário, a modernização e redução da idade dos caminhões em circulação no Brasil é essencial para melhorar a eficiência logística e produtividade do setor e, tão importante quanto isso é, promover benefícios para a economia, saúde, segurança e meio ambiente”,_ completa o executivo da Vamos. A idade dos veículos comprados pela Vamos (Transrio) varia de 28 a 53 anos nos quais foram investidos mais de R$ 5,6 milhões com as aquisições. Para realizar a aquisição dos 140 caminhões, a empresa realizou a prospecção de caminhões em locais onde se concentram esse tipo de veículo, como os portos em Santos (SP) e no Rio de Janeiro (RJ). Com 53 anos, por exemplo, o veículo mais antigo estava em atividade no Porto de Santos, onde atuava no transporte de mercadorias entre armazéns.

Após a desmobilização, a Vamos encaminhará os veículos adquiridos à Gerdau, maior recicladora de sucata ferrosa da América Latina, que será responsável por transformá-los em matéria-prima para a produção de aço 100% reciclável e com uma baixa pegada de carbono. Com isso, se encerra o ciclo de vida do caminhão em linha com a Economia Circular, conceito que consiste na criação de soluções colaborativas para incentivar a reciclagem e reutilização de matérias-primas, proporcionando um uso mais sustentável dos recursos naturais. “_A Gerdau recicla anualmente 11 milhões de toneladas de sucata metálica, o equivalente ao volume de carros produzidos em um período de cinco anos. O aço é um material infinitamente reciclável e, para cada tonelada de sucata reciclada, é evitada a emissão de 1,5 toneladas de CO₂e. Como resultado de sua matriz produtiva sustentável, a Gerdau possui, atualmente, uma das menores médias de emissão de gases de efeito estufa (CO₂e), de 0,89 t de CO₂e por tonelada de aço, o que representa aproximadamente a metade da média global do setor, de 1,91 t de CO₂e por tonelada de aço_”, afirma Rubens Pereira, vice-presidente da Gerdau.

Leia mais em: https://www.comprerural.com/alianca-inedita-para-renovacao-da-frota-de-140-caminhoes/

Venha conferir as nossas redes sociais: